Visão e Objetivos do projeto

Anunciar as boas novas aos povos dos confins geográficos da terra. Servir a igreja local, discipular família e cristãos para que alcancem a plena maturidade cristã.

Os nossos Campos de atuação missionária são:

1- Trabalho com as famílias.

Fomos direcionados por Deus a investir nas famílias que desejam viver os valores de Deus. A nossa geração sofre um grande ataque contra a família e os seus valores, por isso queremos discipular e treinar. O propósito de Deus é que cada família seja a sua primeira igreja. Com casais que amam e obedecem a Deus, e que sejam os pastores do lar, que transmitam as boas novas à próxima geração.

O que já fizemos: Trabalhamos com um curso chamado “Se tornando um” com que já aplicamos em três casais e planejamos trabalhar com mais três. Além disso, continuamos o trabalho com dois casais que já terminaram o nosso curso e cremos que o nosso grupo crescerá com os novos formados no decorrer dos anos.

O que sonhamos e planejamos: Nos próximos 7-10 anos queremos discipular diretamente 50-70 casais que serão treinados e equipados para multiplicar o nosso discipulado com as demais famílias na Sibéria-Rússia.

2- Trabalho com a igreja (Pobeda).

Fomos convidados para ajudar como pastor auxiliar nesta igreja local nas seguintes atividades: Famílias das igrejas; Pregar por dois domingos mensais. Levar o cuidado pastoral a uma congregação que fica em uma vila à 200km de Novosibirsk (março de 2017); Ajudar o orfanato de crianças especiais com autismo à 400km de Novosibirsk.

O nosso trabalho não será remunerado e queremos responder esse convite até o final do mês de outubro.

O que já fizemos: Pregamos duas vezes por mês e já temos uma parceria para fazer o nosso curso “se tornando um” com essa igreja.

Planos: Entrar no conselho de liderança da igreja; Começar os trabalhos na vila e orfanato.

3-Trabalho na Jocum.

Recebemos no decorrer dos últimos anos equipes de práticos da JOCUM e o grupo Oxigênio, da igreja Presbiteriana central de Curitiba. Juntos ajudamos centros de reabilitação, fizemos evangelismo, levando as boas novas a centenas ou algumas milhares de pessoas nas praças e ruas, vilas distantes, hospitais e orfanatos Além disso, cuidamos do apartamento da missão e participamos dos encontros regionais na JOCUM Sibéria.

Planos: Desejamos receber novas equipes de prático, mas não sabemos como será aplicada a nova lei que regula as atividades missionárias na Rússia.

“Sua autoridade na terra nos desafia a ir a todas as nações, Sua autoridade no céu nos dá a única esperança da vitória, e Sua presença em nós não nos deixa outra escolha.” John Stott

Nossos desafios são:

Uma nova lei nos pegou de surpresa e pouco se sabe sobre o que realmente acontecerá, já que ela só existe na teoria. Essa lei foi aprovada da noite para o dia e consiste em:

  • Proibir todas as atividades missionárias, seja evangelização de ruas, praça, ou individualmente.
  • Não será permitido nem falar de Deus aos convidados para um almoço ou em reuniões privadas;
  • Não será permitido culto de grupos caseiros nas casas;
  • O culto nas igrejas só estão permitidos em locais próprios (a maioria das igrejas não possuem prédios próprios);
  • Um número limitado de pessoas serão autorizadas a pregar a Palavra nos púlpitos, serão duas ou três pessoas por organização;
  • Não será permitido alguém pregar com outro tipo de visto que não seja o religioso ou permanente, o que limitará as áreas dos nossos visitantes estrangeiros;
  • Não poderemos usar a internet para transmitir os cultos online ou anúncios evangélicos.

As infrações serão expedidas em formas de multas altas, as quais serão aplicadas no descumprimento da nova lei. Infelizmente isso já tem ocorrido, e multas já foram aplicadas para vários irmãos na Rússia. Cada região metropolitana aplicará a lei visando os interesses locais com maior ou menor intensidade.

Uma coisa é certa: tempos difíceis estão chegando na Rússia! Os ventos do inferno estão soprando sobre essa terra já muito devastada espiritualmente. A lei ainda está sendo implementada em várias regiões, e no nosso estado (Novosibirsk) ainda há informações de como ela será aplicada.

Nossos motivos de oração

  • Por todas as pessoas que receberam as sementes;
  • Pelas pessoas que temos trabalhado e investido com profundidade;
  • Por nossos casais, Igrejas e trabalho na Jocum;
  • Em relação a nova lei que proíbe muitas atividades missionarias;
  • Por graça e entendimento do Espírito Santo para completarmos a nossa missão;
  • Por nossa família, fianças, férias e para que sejamos sempre cheios da graça de Deus, da sua alegria e força.

Como contribuir com nosso Ministério

A nossa família tem uma necessidade de levantar 4.000 reais (1200 dólares).

A Rússia é um país caro e em virtude das nossas despesas (educação dos nossos filhos, tratamento de saúde do David, moradia, alimentação, transporte, vestuário, e etc) temos o desejo de nos associar com os irmãos e igrejas locais neste projeto que Deus nos chamou.

Tomando o modelo abaixo, veja como você pode ser um parceiro ou mantenedor:

4 pessoas (igrejas) x 1000 reais ou;

8 pessoas (igrejas) x 500 reais ou;

20 pessoas (igrejas) x 200 reais ou;

40 pessoas (igrejas) x 100 reais.

Porém cada um é livre para aportar o quanto crê que seja possível contribuir. Fique bem à vontade e tudo que você fizer faça para glória e honra de Deus.

Como Participar do nosso Ministério / Contato

Você pode ser um intercessor. Conhecendo o nosso trabalho, tirando um tempo de oração que seja diário, semanal ou mensal. Você pode envolver a sua família, amigos e igrejas.

Saiba que a sua oração move a mão de Deus.

Se não tivéssemos a intercessão do Espírito Santo e do corpo de Cristo, com toda certeza não estaríamos no campo missionário.

A igreja foi chamada para fazer parte da grande comissão ao redor do mundo e também na Sibéria.

Nossa meta: Nos associa com o mínimo de 1200 novos intercessores.

A sua oração faz parte do plano de Deus para conquistarmos a Sibéria/Rússia como herança para Cristo. Você pode receber informações pelo e-mail ou facebook.

“Não há nada no mundo ou na igreja que torne impossível terminar de evangelizar o mundo ainda nesta geração, a não ser a desobediência da própria igreja”. Roberto Speer

Contato:
tiberiodasiberia@gmail.com
https://www.facebook.com/tiberiomasha.olimpio
WhatsApp – +7 913 395 1101 / Tibério Olímpio